21 de ago de 2009

Na segunda, acaba incentivo nos EUA

O governo norte-americano informou que suspenderá o programa incentivo à troca de carros velhos por novos na segunda-feira, conforme a verba de US$ 3 bilhões se esgota, um mês depois do lançamento da iniciativa.

O programa, que oferece até US$ 4.500 para pessoas que quiserem trocar carros velhos por modelos mais novos e eficientes, terminará em 24 de agosto, quando todas as requisições de descontos devem ser submetidas a Washington.

O governo forneceu um grande incentivo temporário tanto para indústria automotiva como para a economia norte-americana. Nas últimas semanas, a Ford Motor e a General Motors aumentaram a produção, já que alguns modelos estavam com a oferta apertada.

Contudo, a natureza temporária da iniciativa provavelmente deve levantar preocupações com a possibilidade das vendas despencarem novamente.

"Nós temos visto um enorme sucesso da noite para o dia, tanto que chegamos ao ponto de ter que encerrar este programa", afirmou uma autoridade administrativa nesta quinta-feira, que pediu para não ser identificada. "O objetivo agora é fornecer um pouso suave às concessionárias e aos consumidores e garantir que o programa acabe de forma bem sucedida", disse a fonte a repórteres.

O Departamento de Transportes informou que julgou que sobraria capital suficiente para continuar aceitando requisições até o prazo de segunda-feira, baseado em estimativas conservadoras de transações válidas.

O anúncio surge um dia após um grupo que representa cerca de 20 mil concessionárias de carros novos nos Estados Unidos ter alertado que os lojistas que aceitarem vendas adicionais enfrentam risco crescente de não serem ressarcidos pelos descontos concedidos a consumidores.

Até quinta-feira, as concessionárias submeteram pedidos à Washington para quase 457 mil cheques, totalizando US$ 1,9 bilhão, dos quais pouco menos de 40% foram examinados, segundo o Departamento de Transporte.


O governo pagou cerca de US$ 145 milhões às concessionárias.

A GM informou que as vendas nas duas últimas semanas excederam sua projeção interna em mais de 60 mil veículos, impulsionadas principalmente pelo incentivo do governo.

As vendas de veículos no varejo dos Estados Unidos em agosto devem superar 1 milhão de unidades pela primeira vez nos últimos 12 meses, incentivadas pelos descontos, informou a consultoria J.D. Power & Associates.

"A melhora da confiança do consumidor e a disponibilidade de crédito durante os últimos seis meses se juntaram ao programa (de descontos) para tirar as vendas da indústria dos baixos níveis vistos até agora", afirmou Gary Dilts, vice-presidente sênior da J.D. Power.


Retirado de UOL Economia

Montadoras

FIAT (118) CHEVROLET (103) VOLKSWAGEN (92) FORD (63) HYUNDAI (60) KIA (47) NISSAN (47) RENAULT (47) GRUPO FIAT (44) TOYOTA (44) HONDA (41) DODGE (34) CHRYSLER (33) GM (33) PEUGEOT (29) FIAT-CHRYSLER (25) JAC (24) ALFA ROMEO (23) CITROËN (22) LAMBORGHINI (16) FERRARI (15) GRUPO CHRYSLER (14) JEEP (14) CHERY (13) HYUNDAI - KIA (12) PSA (12) MASERATI (11) GRUPO VW (10) RENAULT-NISSAN (10) MERCEDES-BENZ (9) AUDI (7) BMW (6) VOLVO (5) LIFAN (4) OPEL (4) ROSSIN-BERTIN (Vorax) (4) SUZUKI (4) ABARTH (3) MITSUBISHI (3) RAM (3) SAAB (3) ASTON MARTIN (2) BMW-i (2) CADILLAC (2) LANCIA (2) LAND ROVER (2) MG (2) PORSCHE (2) TATA (2) GEELY (1) LINCOLN (1) MAHINDRA (1) MAZDA (1) MINI (1) PAGANI (1) SMART (1)