17 de set de 2009

FIAT-CHRYSLER precisam vender 5,5 milhões, diz CEO


A Fiat pretende atingir uma meta global de vendas entre 5,5 milhões e 6 milhões de veículos junto com o grupo Chrysler nos próximos anos, afirmou o presidente da empresa italiana Sergio Marchionne no Salão do Automóvel de Frankfurt, segundo informou o Automotive News e a Reuters.
Somadas, atualmente a Fiat e a Chrysler respondem por 4,2 milhões de unidades no mundo, ainda longe do volume considerado o limite de sobrevivência, segundo o executivo.
A Chrysler deve apresentar em novembro um plano de negócios, que irá delinear a estratégia de mercado da empresa para os próximos cinco anos.


Retirado do Site Autoestrada


Montadoras

FIAT (118) CHEVROLET (103) VOLKSWAGEN (92) FORD (63) HYUNDAI (60) KIA (47) NISSAN (47) RENAULT (47) GRUPO FIAT (44) TOYOTA (44) HONDA (41) DODGE (34) CHRYSLER (33) GM (33) PEUGEOT (29) FIAT-CHRYSLER (25) JAC (24) ALFA ROMEO (23) CITROËN (22) LAMBORGHINI (16) FERRARI (15) GRUPO CHRYSLER (14) JEEP (14) CHERY (13) HYUNDAI - KIA (12) PSA (12) MASERATI (11) GRUPO VW (10) RENAULT-NISSAN (10) MERCEDES-BENZ (9) AUDI (7) BMW (6) VOLVO (5) LIFAN (4) OPEL (4) ROSSIN-BERTIN (Vorax) (4) SUZUKI (4) ABARTH (3) MITSUBISHI (3) RAM (3) SAAB (3) ASTON MARTIN (2) BMW-i (2) CADILLAC (2) LANCIA (2) LAND ROVER (2) MG (2) PORSCHE (2) TATA (2) GEELY (1) LINCOLN (1) MAHINDRA (1) MAZDA (1) MINI (1) PAGANI (1) SMART (1)