6 de set de 2010

Linea também recebe motor E.torQ e fica mais barato na linha 2011

Visual? Continua igual... e bonito
O Linea foi lançado com um motor que prometia ser diferente dos ultrapassados na gama Fiat. Mas ficou na promessa, o motor não foi pra frente e não empolgou. O problema das poucas vendas do sedan era esse? Talvez.... Se era, ficou no passado. A linha 2011 do italiano chega com o novo e (mais) moderno motor E.torQ, apresentado em julho no Punto.

Modelo ainda é atual
A montadora continua adotando a troca de potências entre as versões de entrada, intermediária e top. Nas versões HLX, HLX Dualogic e Absolute, o propulsor rende 130 cv de potência com gasolina e 132 cv com álcool (mesmas marcas do antigo 1.9), além de torque mais alto (do que o antigo): 18,4 mkgf (g) e 18,9 mkgf (a), atingidos aos 4.500 rpm, levando o sedan a 190 km/h (g) e de 192 km/h (a).

Para a LX e LX Dualogic, o novo motor gera 127 cv de potência, mantendo o torque. Segundo a Fiat, esta proposta é, principalmente, para os taxistas, que possuem isenção de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) para modelos que tenham esta potência máxima.

A principal mudança do Linea: o motor, que por sinal, traz uma tampa muito bonita
O modelo também traz novos kits de opcionais: Creative I (p/ versões LX e LX Dualogic, composto por Blue&Me e rodas de liga leve de 15 polegadas), Creative II (p/ versão Absolute, com Blue&Me NAV e rodas de liga leve de 17 polegadas) e Essence II (p/ versão HLX, com ar-condicionado automático digital, sensor de estacionamento e rodas em liga leve de 17 polegadas).

Surpreendentemente, o Linea 2011 também ficou mais barato:
  • LX 1.816V Flex E.torQ: era R$ 57.450, ficou R$ 55.450;
  • LX Dualogic 1.8 16V Flex E.torQ: era R$ 60.430, ficou R$ 58.430;
  • HLX 1.8 16V Flex E.torQ: era R$ 60.180, ficou R$ 58.180;
  • HLX Dualogic 1.8 16V Flex E.torQ: era R$ 63.140, ficou R$ 61.140;
  • Absolute Dualogic 1.8 16V Flex E.torQ: era R$ 69.030, ficou R$ 67.030;
  • T-Jet 1.4 16V turbo a gasolina: era R$ 73.290, ficou R$ 71.290.
Será que agora o sedan decola de vez nas vendas?

Mudanças na linha 2011: agora vai, Linea?

Montadoras

FIAT (118) CHEVROLET (103) VOLKSWAGEN (92) FORD (63) HYUNDAI (60) KIA (47) NISSAN (47) RENAULT (47) GRUPO FIAT (44) TOYOTA (44) HONDA (41) DODGE (34) CHRYSLER (33) GM (33) PEUGEOT (29) FIAT-CHRYSLER (25) JAC (24) ALFA ROMEO (23) CITROËN (22) LAMBORGHINI (16) FERRARI (15) GRUPO CHRYSLER (14) JEEP (14) CHERY (13) HYUNDAI - KIA (12) PSA (12) MASERATI (11) GRUPO VW (10) RENAULT-NISSAN (10) MERCEDES-BENZ (9) AUDI (7) BMW (6) VOLVO (5) LIFAN (4) OPEL (4) ROSSIN-BERTIN (Vorax) (4) SUZUKI (4) ABARTH (3) MITSUBISHI (3) RAM (3) SAAB (3) ASTON MARTIN (2) BMW-i (2) CADILLAC (2) LANCIA (2) LAND ROVER (2) MG (2) PORSCHE (2) TATA (2) GEELY (1) LINCOLN (1) MAHINDRA (1) MAZDA (1) MINI (1) PAGANI (1) SMART (1)