21 de jul de 2012

Sem preço exorbitante, Fiat lança Novo Punto 2013 igualzinho ao EVO europeu

Essa é a linha 2013 do Punto, que não leva o preço às alturas como Sonic e New Fiesta. (Fiat/Divulgação)
A Fiat enfim coloca no mercado o Punto com visual atualizado, o que já deveria ter acontecido ano passado. O destaque do lançamento poderia ser o novo visual do modelo, alinhado ao do EVO europeu, ou ainda, o interior bem acabado e de qualidade superior, e ainda tem o fato de a versão T-Jet estar implorando para receber o logo da Abarth. Mas o destaque mesmo é que a Fiat decidiu, praticamente, manter os mesmos preços do modelo, não seguindo a onda iniciada com New Fiesta e Sonic (que beiram os hatches médios). O Punto ganha ponto positivo.

Não há muito o que falar desse novo visual. O nosso novo Punto segue a reestilização EVO europeia (e não a apresentada no último Salão de Genebra), que foi um pouco polêmica, não agradando a todos. Muito dificilmente você vai mudar de opinião sobre ela (como eu fiz), a não ser no caso da versão T-Jet. O fato é que o modelo não ficou feio, apenas diferente, se isso agradou à você ou não...
O Punto agora tem uma nova logomarca, que é exatamente igual à europeia. (Fiat/Divulgação)
Na frente, os faróis estão mais escurecidos e há uma enorme faixa preta (ou metalizada, dependendo da versão) quase que dominante no para-choque, onde fica localizada a grade, os faróis de neblina e uma espécie de "extensão" das lanternas. Também é possível notar o "bigode" com o logotipo da marca, bem a là 500 e Novo Palio. Tudo uma tentativa de deixar o Punto ainda mais esportivo (o que não era tão necessário).

A traseira do modelo mudou menos: agora, as lanternas são em LED e possuem novo layout interno. Enquanto isso, podemos notar que a Fiat seguiu a receita da frente, colocando no para-choque uma faixa emborrachada, onde está posicionada a placa. Abaixo, as luzes de ré e defletores. O que mudou menos que a traseira, com certeza, foi a lateral.
Azul Maserati, essa cor muito bonita, agora está disponível para as versões Sporting e T-Jet. (Fiat/Divulgação)

E o que mudou totalmente foi o interior, que agora tem o bom nível de acabamento do Bravo, deixando o Punto mais premium e distanciando-o do Novo Palio, que era preciso. Há uma enorme faixa no painel que,  na versão Attractive é azul, na Essence é cinza, na Essence com Kit Emotion é bege, na Sporting é uma imitação da fibra de carbono e na T-Jet segue a cor externa do carro. É nela que estão localizadas as saídas de ar (tanto nas extremidades quanto no centro do painel) e os controles do rádio. Além disso, há novos quadros de instrumentos, óbvio.

O hatch compacto premium traz algumas novidades na eletrônica, como o sistema de segurança ESS (sinalizador de frenagem de emergência, que consiste no acionamento intermitente das luzes indicadoras de direção ao frear o veículo bruscamente) e as já citadas lanternas em LEDs, e também complementos de antigas tecnologias, como Blue&Me, agora com eco:Drive, novo câmbio Dualogic Plus (com a possibilidade de trocas de marchas por borboletas atrás do volante) e o HSD (airbag duplo + ABS com EBD, agora, de série em todas as versões). Para a versão Abarth, digo, T-Jet, o Punto traz ainda o Seletor DNA (de Dinâmico, Normal e Autonomia), permitindo escolher entre esses modos de condução.
O painel está bem mais bem acabado. Este é o interior da versão Essence 1.6, a intermediária. (Fiat/Divulgação) 


No campo da motorização, o Punto oferece três opções já até bem conhecidas. Uma delas é o motor Fire Evo 1.4 Flex (disponível, ainda bem, apenas na Attractive). Se trata do antigo 1.4 com as atualizações apresentadas no Novo Uno, agora com 85 cv e torque máximo de 12,4 kgfm (g) e 88 cv e 12,5 kgfm (etanol, respectivamente). Outra opção é o E.torQ 1.6 16V Flexde 115/117 cv e torque máximo de 16,2/16,8 kgfm (g/e, respectivamente).


As versões esportivas (ou nem tão esportivas assim, no caso da Sporting) utilizam os motores E.torQ 1.8 16V Flex, no caso da Sporting, que desenvolve 130/132 cv e torque máximo de 18,4/18,9 kgfm e para a T-Jet, o 1.4 16V Turbo (gasolina) com 152 cv de potência e 21,1 kgfm de torque (encontrados já a partir dos 2.250 rpm) é o responsável pelo desempenho esportivo de verdade, através do conceito de downsizing, é capaz de levar o Punto a velocidade máxima de 203 km/h. 


Mamãe, quero um escorpião!

O Punto T-Jet merece uma menção a parte: a versão é exatamente igual ao Punto Abarth europeu, até nas rodas. E, como é esportiva de verdade, o visual não é à toa. Ainda merece destaque o fato da montadora ter abaixado em cerca de R$ 2 mil o preço da versão, que conta com três modos possíveis de direção: Dinâmico, privilegiando o desempenho; Normal, sem alterações no comportamento; e Autonomia, mais ligada à economia. 
O Punto T-Jet é uma cópia descarada do Punto Abarth. Ainda bem. (Fiat/Divulgação)

Neste último caso, aparecem indicações no display do quadro de instrumentos os momentos exatos de troca de marchas, tanto para subir quanto para reduzir marchas. Um Econômetro também está no display, indicando o consumo no momento. A montadora diz que esse modo "pode ser considerado quase que um 'professor' para o motorista".

Socializando

Com o Punto, a Fiat lança um complemento para o Blue&Me: é o Fiat Social Drive, uma iniciativa muito bacana de deixar o seu carro mais social através do sistema multimídia, com a leitura de determinadas ações de determinados amigos de suas redes sociais, como as notificações do Facebook ou menções do Twitter. A montadora divulgou um vídeo que fala por si só, e você pode vê-lo com este link.

No Final...

Por R$ 38.570, com itens como airbag duplo, freios ABS, ESS, vidros elétricos dianteiros com one touch e antiesmagamento, direção hidráulica, lanterna traseira a LED, banco do motorista com regulagem de altura, abertura interna da tampa do tanque de combustível, computador de bordo, desembaçador do vidro traseiro, limpador traseiro, porta-óculos, travas elétricas (automática a 20 km/h), volante com regulagem de altura, Logo-Push, entre outros, por mais incrível que pareça, o novo Punto 2013 se destaca pela seu custo-benefício, ainda mais se você for olhar para seus rivais.
O maior destaque do Novo Punto é sim o seu custo-benefício que, aliado a tecnologia, bom acabamento e visual, o tornam um dos melhores do seguimento. (Fiat/Divulgação)
O Volkswagen Polo está defasado demais. Chevrolet Sonic e o Ford New Fiesta são caros demais, começando em aproximadamente R$ 10 mil a mais do que o Punto (dependendo do caso, não trazendo nem mesmo airbag e ABS). O Agile, com a chegada do Sonic, está mais para concorrer com Novo Palio, assim como o Sandero, simples demais para o nível que o Punto atinge agora. 

O fato é que a Fiat conseguiu sim deixar o Punto muito mais competitivo e se armou muito bem, diga-se de passagem, para a briga com os recém-chegados, que até podem ter um visual pouco melhor (sendo isso muito subjetivo), mas o italiano não deve em nada, traz bom nível de tecnologia e refinamento e está à altura, mesmo tendo um projeto de 2005 (na Europa, 2007 no Brasil). Daqui para frente, a escolha se torna uma questão de gosto e bolso. E eu ainda escolho o Punto, que vence nos dois para mim.


Preços
  • Punto Attractive 2013 1.4 Fire EVO Flex 4P: R$ 38.570
  • Punto Essence 1.6 16V E.torQ Flex 4P 2013: R$ 41.750
  • Punto Essence 1.6 16V E.torQ Flex Dualogic 4P 2013: R$ 44.140
  • Punto Sporting 1.8 16V E.torQ Flex 4P 2013: R$ 46.400
  • Punto Sporting 1.8 16V E.torQ Flex Dualogic 4P 2013: R$ 48.770
  • Punto 1.4  Turbo T-Jet Gasolina 4P 2013: R$ 55.740

Veja Mais:

[FIAT/DIVULGAÇÃO] 


Montadoras

FIAT (118) CHEVROLET (103) VOLKSWAGEN (92) FORD (63) HYUNDAI (60) KIA (47) NISSAN (47) RENAULT (47) GRUPO FIAT (44) TOYOTA (44) HONDA (41) DODGE (34) CHRYSLER (33) GM (33) PEUGEOT (29) FIAT-CHRYSLER (25) JAC (24) ALFA ROMEO (23) CITROËN (22) LAMBORGHINI (16) FERRARI (15) GRUPO CHRYSLER (14) JEEP (14) CHERY (13) HYUNDAI - KIA (12) PSA (12) MASERATI (11) GRUPO VW (10) RENAULT-NISSAN (10) MERCEDES-BENZ (9) AUDI (7) BMW (6) VOLVO (5) LIFAN (4) OPEL (4) ROSSIN-BERTIN (Vorax) (4) SUZUKI (4) ABARTH (3) MITSUBISHI (3) RAM (3) SAAB (3) ASTON MARTIN (2) BMW-i (2) CADILLAC (2) LANCIA (2) LAND ROVER (2) MG (2) PORSCHE (2) TATA (2) GEELY (1) LINCOLN (1) MAHINDRA (1) MAZDA (1) MINI (1) PAGANI (1) SMART (1)