3 de out de 2012

Start&Stop Salão de Paris // Gallardo reestilizado e brigas entre marcas [Parte 1]

Diferente do Brasil, na Europa, Fiat e Volks estão longe em vendas,
mas vivem uma rivalidade tão grande quanto por aqui.
O Salão de Paris não pegou fogo nesse ano, mas antecipou e mostrou algumas coisas bem bacanas. O mais legal é que muitas novidades chegarão ao Brasil (mas, claro, sempre tem aquelas que ficarão de fora). Tivemos também algumas coisas "deselegantes", como a briga entre montadoras logo nos dois primeiros dias que a mostra foi aberta para a imprensa. 

Essa é só a primeira parte da cobertura do Salão de Paris, com a apresentação do Gallardo reestilizado (que gerou certa polêmica, já que o pessoal esperava algo mais agressivo) e a tal briga, principalmente entre Volks e Fiat. Amanhã, você confere a segunda Start&Stop, com mais destaques.



Lamborghini reestiliza Gallardo

A Lamborghini aproveitou o Salão de Paris para atualizar o Gallardo, o seu superesportivo que mais foi vendido, deixando-o mais aerodinâmico com leves retoques.

Na dianteira, as formais ficaram mais trapezoidais e as tomadas de ar mais ariscas. Os faróis estão um pouco menores, contribuindo com o visual mais agressivo e esportivo.

Na traseira, o destaque são os novos difusores, mais proeminentes. O interior vem na cor da carroceria, assim como rodas de 19 polegadas. Gostou das novidades?

Vem para o Brasil? 
Sim


Salão de Paris começa com troca de farpas, principalmente entre VW e Fiat

Não é de hoje que Fiat e Volkswagen brigam na Europa como não se dão tão bem por aqui. Na abertura do Salão de Paris para a imprensa, os executivos de ambas as marcas voltaram a trocar farpas. Tudo começou quando o diretor financeiro do Grupo VW disse que "as fabricantes do Sul da Europa [caso da Fiat] podem ter dificuldade para sobreviver à crise sem a ajuda do governo".

Sergio Marchionne, CEO do Grupo Fiat, respondeu à altura: "Se a Volkswagen, por meio de seu presidente executivo, acha que precisa fazer alguma coisa, diga-lhes para aparecerem amanhã às 7 horas em nosso estande". E foi exatamente o que Martin Winterkorn, CEO da Volks, fez.
Na esquerda, Martin Winterkorn, do Grupo Volkswagen e, ao seu lado, Marchionne, do Grupo Fiat-Chrysler.

Hoje (28/09) o clima estava mais ameno, com ambos o executivos dizendo que eram velhos amigos. Mas já haviam brigado: a Volks insiste em achar que a Alfa Romeo (que é da Fiat) está à venda, sendo que a italiana não quer vendê-la. Outro motivo para as brigas é o comando de Marchionne na Associação das Montadoras Europeias, do qual a VW não estaria satisfeita.

As pazes entre os dois foram feitas, mas a GM americana entrou brigando também, ao dizer que é impossível ser competitiva com montadoras como Fiat e Peugeot (a Fiat já foi parte da GM, e a Peugeot acabou de se associar) dando 30% de desconto em seus carros.


Vem para o Brasil? 
Essa briga já está aqui há muito tempo...

[Conteúdo retirado da página FVC Notícias no Facebook]


Montadoras

FIAT (118) CHEVROLET (103) VOLKSWAGEN (92) FORD (63) HYUNDAI (60) KIA (47) NISSAN (47) RENAULT (47) GRUPO FIAT (44) TOYOTA (44) HONDA (41) DODGE (34) CHRYSLER (33) GM (33) PEUGEOT (29) FIAT-CHRYSLER (25) JAC (24) ALFA ROMEO (23) CITROËN (22) LAMBORGHINI (16) FERRARI (15) GRUPO CHRYSLER (14) JEEP (14) CHERY (13) HYUNDAI - KIA (12) PSA (12) MASERATI (11) GRUPO VW (10) RENAULT-NISSAN (10) MERCEDES-BENZ (9) AUDI (7) BMW (6) VOLVO (5) LIFAN (4) OPEL (4) ROSSIN-BERTIN (Vorax) (4) SUZUKI (4) ABARTH (3) MITSUBISHI (3) RAM (3) SAAB (3) ASTON MARTIN (2) BMW-i (2) CADILLAC (2) LANCIA (2) LAND ROVER (2) MG (2) PORSCHE (2) TATA (2) GEELY (1) LINCOLN (1) MAHINDRA (1) MAZDA (1) MINI (1) PAGANI (1) SMART (1)