12 de jan de 2013

Hyundai começa pré-venda do novo i30; e a outra já muda HB20

Acostume-se com preto no novo i30, mas esqueça-se do desempenho esportivo que a versão SR sugere. (Hyundai-Divulgação)

As duas Hyundais presentes no Brasil estão com novidades para 2013. Começando pela representada pelo Grupo Caoa, que já está aceitando pedidos pela nova geração do i30. Já era de se esperar que o modelo viesse mais caro do que de costume, como foi mostrado neste post, mas o preço subiu demais: passou dos R$ 52 mil atuais para R$ 75 mil (isso na versão mais barata). Com essa diferença de R$ 23 mil, é possível, por exemplo, comprar um Chevrolet Celta. O modelo até vale o preço em alguns quesitos, mas deixa a desejar em outros.

Primeiramente, as linhas do i30 não têm comparação com as de seu antecessor; ele é, provavelmente, o hatch médio mais bonito do mercado brasileiro atualmente. Ele também não decepciona na lista de itens de série: ar-condicionado digital, direção elétrica com três modos de condução, sistema de travamento remoto (keyless), trio elétrico, sistema de som com controles no volante, navegador GPS, sensores de iluminação e de chuva, piloto automático, rodas aro 17 e freios ABS com EBD. Mas há poréns, como os bancos apenas de tecido e somente airbags frontais. O Cruze Sport6, que já é bem caro, acaba servindo de exemplo (quem diria), ao custar R$ 64.900 e já vir com quatro airbags.

O i30 já é completo. (Hyundai/Divulgação)
Se você estiver disposto a passar da barreira dos R$ 80 mil em um hatch médio (que não é premium, deixando isso claro), leva também teto solar; Bluetooth; bancos em couro, assim como acabamento interno, volante e alavanca de câmbio revestidos com o material; freio de estacionamento eletrônico; ar-condicionado automático; duto de aquecimento traseiro e faróis de xenônio, segundo UOL Carros. O pacote custa R$ 85 mil. Ambos contam com a garantia de 05 anos oferecida pela montadora.

O câmbio, pelo menos por enquanto, é apenas automático. Agora, ele possui seis marchas, ao invés das quatro da última geração. Se nesse ponto o modelo está melhor, não se pode dizer o mesmo do motor, que agora é o 1.6 Gamma Flex de 128 cv, que equipa o HB20. O desempenho não é ruim, mas também não é bom, e fica aquém do atual 2.0. A suspensão utiliza a mesma solução do nosso i30 atual, defasada em relação ao i30 europeu/asiático, semelhante ao norte-americano. O novo i30 tem suspensão independente do tipo MacPherson na dianteira e com eixo de torção na traseira, utilizando molas helicoidais e amortecedores a gás; enquanto isso, o antigo i30 utilizava a mesma solução na dianteira, mas MultiLink na traseira, mais eficiente na hora de fazer curvas. [Atualizado em 19/01/12; obrigado, Valter!]

O design é sem igual. (Hyundai/Divulgação)

Na questão de cores, segundo Autoesporte, que falou com concessionárias, o preto e o prata serão as únicas num primeiro momento, com uma possibilidade do branco estar presente na paleta, mas por um "pequeno" adicional no preço na hora da venda, que será efetuada apenas em concessionárias "Silver Gate", ou seja, as que não vendem o HB20, revendedoras da própria Hyundai, e não da parte representada pelo Grupo Caoa.

Avaliar o desempenho do novo i30 é uma grande incógnita: por um lado, o público pode avaliar os pontos positivos (como o alto nível de equipamentos, o belo design e o motor agora flex) como suficientes para pagar o preço, mas também podem adotar os pontos negativos para transformá-lo num fracasso. O problema é que o brasileiro costuma aceitar preços abusivos, e o Cruze Sport6 é um belo exemplo. Com isso, o grande perigo é que o preço "pegue" e se transforme o novo padrão do seguimento, que ainda conta com bons modelos na antiga faixa padrão de preço, os R$ 50 mil, como Fiat Bravo e Ford Focus.

HB20 sofre pequenas alterações, o que não é bom para seus primeiros compradores; esta cor deixa de ser oferecida. (Autoesporte)

Enquanto isso, na outra Hyundai, a HMB, o HB20 já sofre alterações em seus pacotes. Apenas dois meses após seu lançamento, o compacto sul-coreano ganhou equipamentos e perdeu algumas versões, o que pode ser decepcionante para aqueles que já possuem o modelo. Fazer alterações como essas pode significar desvalorização para esses primeiros compradores.

Segundo o Notícias Automotivas, duas versões deixam de ser produzidas, a Comfort 1.6 e a Comfort Plus 1.6 sem sistema de áudio, assim como a cor Marrom Clay, que voltará em breve no HB20X de forma exclusiva (?!). O Preto Phantom, perolizada, também está suspensa, restando apenas o Preto Onix (que coincidência, não?).

As versões Premium agora contam com vidros com sistemas antiesmagamento, one touch e abertura e fechamento através da chave canivete de série. A iluminação azul agora está nos comandos do ar, na alavanca (câmbio automático) e nos botões dos vidros elétricos, além do volante. Todas as versões passam a contar com gancho para fixar rede no porta-malas. Como as versões Comfort e Comfort Plus 1.6 só serão vendidas com rádio, a preparação para o sistema de áudio passa a ser de série.

Detalhes cromados também estão num maior número de versões; as 1.0 terão alavanca com detalhes na cor prata. Todas as versões 1.6 e a Comfort 1.0 passam a ter a maçaneta na cor do carro. Já as versões automáticas, ganharão um emblema para identificação. Enquanto isso, todas as versões serão equipadas com limpadores aero blade, mais silenciosos.

É verdade que são pequenas alterações, mas tudo isso pode fazer um grande estrago sim no papel da desvalorização das primeiras unidades. Por outro lado, ajudam a deixar o modelo mais completo. Confira os preços do modelo 2013, com aumento no IPI, num dos drops da Start&Stop. Você é a favor ou contra das alterações?

[UOL Carros, Autoesporte, Notícias Automotivas, Hyundai/Divulgação, Car And Driver BR]



Montadoras

FIAT (118) CHEVROLET (103) VOLKSWAGEN (92) FORD (63) HYUNDAI (60) KIA (47) NISSAN (47) RENAULT (47) GRUPO FIAT (44) TOYOTA (44) HONDA (41) DODGE (34) CHRYSLER (33) GM (33) PEUGEOT (29) FIAT-CHRYSLER (25) JAC (24) ALFA ROMEO (23) CITROËN (22) LAMBORGHINI (16) FERRARI (15) GRUPO CHRYSLER (14) JEEP (14) CHERY (13) HYUNDAI - KIA (12) PSA (12) MASERATI (11) GRUPO VW (10) RENAULT-NISSAN (10) MERCEDES-BENZ (9) AUDI (7) BMW (6) VOLVO (5) LIFAN (4) OPEL (4) ROSSIN-BERTIN (Vorax) (4) SUZUKI (4) ABARTH (3) MITSUBISHI (3) RAM (3) SAAB (3) ASTON MARTIN (2) BMW-i (2) CADILLAC (2) LANCIA (2) LAND ROVER (2) MG (2) PORSCHE (2) TATA (2) GEELY (1) LINCOLN (1) MAHINDRA (1) MAZDA (1) MINI (1) PAGANI (1) SMART (1)