19 de jul de 2013

Honda volta a ousar no design com novo Fit, mas por que o desejo de parecer um Volvo?

O Fit ganha versão híbrida no Japão, mas por aqui deve continuar com os mesmos motores 1.4 e 1.5. (Honda/Divulgação) 

Nesta sexta (19), a Honda mostrou como ficou a nova geração do Fit. O modelo, que já foi bem esquisito mas se recuperou em sua segunda geração, ganhou (ainda mais) ares de hatch, deixando de lado o estilo "meio minivan". A intenção da marca é fazer frente ao Volkswagen Polo. Com isso, a Honda volta a ter um toque de ousadia em seu design, que decepcionou nos últimos tempos. Não que o Fit tenha continuado normal, ele voltou a ser meio estranho.

Após o New Civic, lançado em 2005 aqui no Brasil, que devastou o segmento de tão ousado e bonito, a marca conseguiu até que se sair bem com seus modelos  (o mais bem-sucedido caso é o do New Fit), porém, com a leva que veio depois -- novo New Civic, o facelift do New Fit, o novo CR-V -- o design entristeceu. Os americanos não me deixam mentir. Os japoneses foram tão felizes ao desenhar o Civic que ficou difícil voltar para aquele patamar.

Pontos positivos e negativos deixam o novo visual do Fit, que cresceu 5 cm no entre-eixos, agridoce. (Honda/Divulgação)

A ousadia, então, parece ter voltado. Mas e o resultado final? Rebuscado. As linhas dianteiras ficaram muito boas e, segundo o artista Toshinobu Minami, foram inspiradas em celulares e internet. O exagero começa nas laterais, com um profundo e pesado vinco, que sai das lanternas e fica na altura das maçanetas. A traseira poderia ficar tão legal se fosse mais simples...

Honda, pra que esse extensor das lanternas? Pra que esse desejo de parecer com os carros da Volvo? E pior do que essa inspiração é se inspirar errado. Os carros da Volvo dão certo. Mas os Honda, como o CR-V e esse Fit, ficaram muito exagerados. O friso cromado também chama muita atenção para versões normais, se fosse só na esportiva, daí seria outra história.

O Fit, com essa traseira exagerada, chega em 2014 aqui no Brasil.

A volta da ousadia é de se comemorar, claro. Porém, tá na hora da Honda voltar a surpreender positivamente, como foi com o New Civic e com o New Fit. Já disse isso e vou dizer de novo: a qualidade dos carros da Honda não estão em cheque, eles são excelentes. Mas design é sim importante. Ou não?


Com informações da Car and Driver e da Autoesporte


Montadoras

FIAT (118) CHEVROLET (103) VOLKSWAGEN (92) FORD (63) HYUNDAI (60) KIA (47) NISSAN (47) RENAULT (47) GRUPO FIAT (44) TOYOTA (44) HONDA (41) DODGE (34) CHRYSLER (33) GM (33) PEUGEOT (29) FIAT-CHRYSLER (25) JAC (24) ALFA ROMEO (23) CITROËN (22) LAMBORGHINI (16) FERRARI (15) GRUPO CHRYSLER (14) JEEP (14) CHERY (13) HYUNDAI - KIA (12) PSA (12) MASERATI (11) GRUPO VW (10) RENAULT-NISSAN (10) MERCEDES-BENZ (9) AUDI (7) BMW (6) VOLVO (5) LIFAN (4) OPEL (4) ROSSIN-BERTIN (Vorax) (4) SUZUKI (4) ABARTH (3) MITSUBISHI (3) RAM (3) SAAB (3) ASTON MARTIN (2) BMW-i (2) CADILLAC (2) LANCIA (2) LAND ROVER (2) MG (2) PORSCHE (2) TATA (2) GEELY (1) LINCOLN (1) MAHINDRA (1) MAZDA (1) MINI (1) PAGANI (1) SMART (1)